Discurso do Presidente da arep no 36º Aniversário

25 junho 2022

Boa tarde
Sejam bem-vindos à nossa comemoração do 36º aniversário da AREP onde também homenagearemos os Associados com 25 anos de Filiação e aqueles que completam este ano 10 anos de Voluntariado.

Quero, em primeiro lugar, saudar os nossos convidados, os associados, os voluntários e os membros dos órgãos centrais, delegações e núcleos da AREP. e agradecer a presença.

Começo por agradecer, em particular a presença dos colegas João Teixeira, da Direção Nacional e Felipe Samarra, da Direção Regional de Lisboa do Clube de Pessoal. Temos um grande prazer em tê-los connosco.

Não estão presentes mas enviaram-nos mensagens os Presidentes do Cube de Pessoal, Joaquim Rocha Gomes, da REN-Rodrigo Costa- e da EDP- Miguel Stilwell, bem como do Adm. da EDP Miguel Setas que nos enviaram felicitações.(ler mensagens das pág. 10 e 11)

Um agradecimento especial à Delegação Tejo, a quem coube a organização do convívio deste ano. Para o ano será a Delegação Sul e, em principio, celebraremos em Sesimbra.

Embora noutra qualidade, tenho a satisfação de ter estado presente em alguns aniversários anteriores, mas esta é a primeira vez em que o faço como presidente da AREP, votado por vós.
Agradeço-vos a confiança e sinto-me muito honrado.

A comemoração dum aniversário é sempre um dia de festa e convívio. No caso da AREP é uma oportunidade inigualável para reunir velhos amigos e colegas e, mesmo, para fazer novos conhecimentos e amizades.

Além disso ela é a forma mais importante de homenagear a associação e todos os que, ao longo dos anos, têm contribuído para assegurar o seu papel insubstituível e crescentemente importante.

Cabe aqui agradecer às prestigiadas empresas patronas, a
EDP e REN, pelo apoio que sempre têm concedido à AREP, com o qual esperamos continuar a contar.

Agradeço, também, aos voluntários que, desde a criação da Associação, se têm sucedido nas várias frentes de trabalho e aos associados, pela sua fidelidade e contributo. Para além da quota, muitos têm consignado anualmente à AREP 0,5% do seu IRS.

Numa Associação mutualista como é a AREP, os Associados são simultaneamente os nossos patrões e os clientes a quem nós dirigentes e voluntários prestamos serviços.
Como a AREP não tem empregados pagos, são os nossos Voluntários que garantem, no terreno, o funcionamento da Associação. Sem eles a AREP não conseguiria funcionar.
Por isso aproveitamos este evento para os homenagear destacando, entre os presentes, os Associados com 25 anos de filiação e com 10 anos de Voluntariado.
O aniversário duma associação de solidariedade social, convida sempre a um duplo olhar.
Um, sobre o passado: sobre o que já se fez até chegarmos aqui. Sobre a obra que foi sendo realizada.
Outro, sobre o futuro: o que há a fazer para manter o bom que já temos e melhorar, tanto quanto possível, o apoio que prestamos aos associados em geral, mas particularmente aos mais carenciados.

Falemos primeiro do passado, dos últimos 36 anos.
Conseguimos Construír aquilo que é hoje uma IPSS de dimensão nacional.
Cobrimos o território nacional através de quatro delegações regionais (Norte, Centro, Tejo e Sul) com oito núcleos, funcionando sob a coordenação da Direção Central. Desta forma procuramos assegurar uma ligação próxima com os Associados procurando conhecer melhor as suas necessidades e expetativas.
Temos, hoje:
• cerca de 5300 associados,
• prestamos 11 serviços diferentes, desde o Apoio Social, ao acesso a protocolos comerciais, à resolução de problemas burocráticos externos que afetam os Associados (Sãvida, Segurança Social, etc.)
• meios de comunicação e informação abertos a todos os associados: o informarep (que já leva 15 anos de edições) e, usando as novas tecnologias, o site (onde também pode ser lido o informarep), o Facebook, o youtube e o Instagram.
Eles garantem, por um lado, a transparência permitindo aos associados manter-se a par das atividades da AREP e possibilitam, por outro lado, a colaboração, a quem o desejar, quer através de sugestões e comentários quer com textos e imagens sobre as suas vivencia..
• uma equipa de cerca de 50 Associados, em regime de puro Voluntariado, que assegura a atividade diária da AREP.
• movimentamos cerca de 400 000 euros por ano, a maior parte do qual utilizado no Apoio Social
• apoiamos financeiramente 294 associados e apoiamos mais 180 com telefonemas de conforto. Um total de 474 beneficiários.
Não é coisa pouca!

Falemos agora do futuro.
Daqui a 5 anos, se mantivéssemos a situação atual e não entrasse mais nenhum associado nem nenhum voluntário, teríamos:
• cerca de 60% dos Associados com mais de 76 anos e 25% com mais de 85;
• mais de metade dos Voluntários, com mais de 75 anos
Ou seja, mais Associados necessitando de apoio e os mesmos Voluntários, naturalmente, com menos energia que a que têm hoje.
Como enfrentar esta realidade:
1. Mais apoio social significa ter mais dinheiro.
2. Manter a Arep em bom funcionamento implica ter mais voluntários e mais novos.

Um contributo essencial, mas não único, para a solução dos dois problemas passa por procurar mais associados:
mais associados significa mais quotas (dinheiro) e mais potenciais voluntários.
Em principio não deveria ser difícil.
Apenas 8% dos Ativos e 31% dos Reformados EDP/REN são Associados AREP. Temos cerca da terça parte do nº de associados do Clube de Pessoal.
Ou seja, há um campo de “recrutamento” viável.

Cativar novos Associados não é apenas trabalho da Direção Central ou das Direções Locais.
Precisamos da ajuda de cada um dos Associados atuais – afinal vocês são os verdadeiros donos da AREP- para que expliquem aos vossos amigos e conhecidos sejam eles já reformados ou ainda no ativo aquilo que a AREP proporciona: o convívio com antigos colegas, as iniciativas culturais ou meramente lúdicas e o contributo para apoiar colegas em dificuldades (dificuldades que eles mais tarde também poderão ter), cumprindo assim um nobre e gratificante, dever de solidariedade social.

Precisamos de mais Voluntários, desde já, para que a AREP seja mais atuante e eficiente
E para isso, peço, também, ajuda a cada um de vós.
O voluntariado, sendo uma forma de dar um pouco do nosso trabalho e tempo em favor do bem dos outros, é uma atividade nobre e gratificante. É uma terapia para a cura do egoísmo e do individualismo.
É, também, uma forma de envelhecimento ativo, que segundo muitos estudos existentes, tem benefícios para a saúde e para autoestima e contribui para o combate à solidão e para o aumento da longevidade.

Estou seguro de que quando estivermos a celebrar os 46 anos da AREP, ao olhar para trás, sentiremos a satisfação de pertencer a uma Associação que atingiu estes objetivos, sendo financeiramente ainda mais sólida e tendo todos os voluntários de que necessita

Antes de terminar, e como antes tinha dito, vamos homenagear os Voluntários que cumprem este ano dez anos de voluntariado e Associados com 25 anos de filiação.
Obrigado, uma vez mais, por terem vindo.
Viva a AREP!
António Pita de Abreu, Rio Maior, 25 de junho de 2022

Peço para virem até junto de mim os colegas:
• Antonio Seguro Canas – DLC – V10
• José Manuel Mão de Ferro-DLT- V10
• Mário Almeida Costa -DLS – A25
• Barbara Ganhão Maia -DLT – A25
• Eugenia Pereira Santos-DLT – A25
• Joaquim Ferreira Pinto-DLT – A25
• José Maria Morgado Pereira Leite-DLT – A25
• José Ribeiro Godinho-DLT – A25
• Lucinda Albuquerque Azevedo- A25
• Maria Manuel Gonçalves Marcelino- A25
Os restantes 155 A25 e 4 V10 receberão pelo correio as respetivas lembranças

Mensagens
MIGUEL STILWELL- Presidente EDP

Agradeço o convite para participar neste encontro. Não poderei estar presente mas não queria deixar de vos felicitar por esta iniciativa, resultado da vossa implantação nas diversas regiões do país.

Sei a AREP tem representado para muitos uma ajuda inquestionável, ao nível social, emocional e até financeiro, e que as atividades que dinamiza são um exemplo de convívio e de solidariedade.

Gostaria de felicitar a AREP pelo seu 36º aniversário e todos os que completam 10 anos de voluntariado na Associação, bem como os Associados que perfazem 25 anos de afiliação na AREP, em especial aos colaboradores e reformados da EDP, aos quais estou grato pelo contributo para o sucesso e história da nossa empresa.

Desejo-vos um ótimo dia.

RODRIGO COSTA – Presidente REN
Os nossos Parabéns à AREP pelos seus 36 anos de compromisso, dedicação e excelente trabalho para os sócios e suas famílias.
Aproveitamos para agradecer o valioso contributo da AREP na defesa da solidariedade entre gerações.
Acreditamos que no futuro a nossa parceria continuará a ser fundamental para manter os colaboradores ligados à empresa durante o seu ciclo de vida da reforma, mantendo o seu espírito de união, identidade e melhorando a sua qualidade de vida.
MIGUEL SETAS – Administrador EDP
Lamentando a minha impossibilidade em participar noa vossa comemoração venho dar os meus parabéns à AREP pelos seus 36 anos.
Desejo uma bonita celebração.
JOAQUIM ROCHA GOMES – Pres. Clube de Pessoal
A Direção Nacional do Clube do Pessoal agradece a honra de ter sido convidada a estar presente no 36º aniversário da AREP.
Associando-nos à vossa festa, queremos também celebrar tantos anos de dedicação dos vossos voluntários e dirigentes ao serviço e para benefício dos associados, ex-colaboradores da empresa que nos une e uma grande maioria, certamente, também sócios do Clube EDP.
Bem hajam pelo vosso trabalho que continua hoje, como ao longo de todos estes anos, a fazer todo o sentido, no âmbito de uma empresa que está sempre a renovar-se e a reinventar-se.
Também nós Clube e Arep temos de tentar fazer o mesmo.

Notícias Relacionadas:

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Scroll to Top